assine

Newsletter

02 08

Chanel, a gata SRD que teve sua vida salva depois de sofrer maus-tratos

Publicado em 02 de Aug de 2016 por Luana Zanolini Comentar

Conheça a linda história de amor entre a gata SRD Chanel e sua tutora Gisela. Ambas se conheceram em uma situação triste: Chanel estava sofrendo maus-tratos e quase foi queimada. Saiba mais

Texto Camila Rodrigues | Adaptação Luana Zanolini | Foto Arquivo Pessoal

Chanel, a gata SRD que teve sua vida salva depois de sofrer maus-tratos

A estudante de enfermagem Gisela Candido Souza, de Itaquaquecetuba (SP), deixou o medo de lado para ajudar a pequena Chanel, uma gata SRD que estava sendo vítima de maus-tratos. “Eu estava voltando do trabalho e, quando saí da estação de trem, vi dois homens estranhos parados. Com medo, resolvi esperar eles irem embora. Depois de um tempo que os rapazes já tinham ido embora, percebi que havia um gato em chamas num canto e resolvi socorrer”, relembra a tragédia.

A estudante relata com tristeza que não pensou duas vezes no momento em que salvou a vida da gatinha. “Eu apaguei o fogo jogando areia em cima dela. Infelizmente, quando olhei para descobrir quem tinha feito aquela maldade, não encontrei ninguém”, conta.

Como Gisela já tinha experiência em cuidar de animais resgatados e também em enfermagem, não foi difícil prestar os primeiros socorros, para a sorte da peluda. “Como já era muito tarde, peguei ela no colo e levei correndo para casa. Limpei com todo o cuidado. Ela mal se mexia de tanta dor que estava sentindo, mas deixava eu cuidar. Tratei com analgésicos, antibióticos e insistia para ela comer, fiz igual como se fosse uma pessoa”, conta a protetora. Com bastante carinho e confiança, depois de quatro meses de cuidados intensivos, Chanel foi se recuperando, ganhou peso e voltou a ser um pet normal, sem dor nem traumas, apenas com uma cicatriz.

Hoje, quatro anos depois do acidente, Chanel já está enturmada com a rotina da família e dos seus quatro irmãos peludos: Madruga e Bolota (gatos siameses), Vam (cachorro da raça Dachshund) e o Toh (cão SRD) –, dois deles resgatados em situação de abandono e doentes. “A Chanel é alegre, feliz e nem parece ter sofrido nada. É a única que se dá bem com todos os outros animais”, exalta o temperamento dócil da sobrevivente.

Faça sua parte: no Brasil maltratar animais é crime ambiental. Saiba como denunciar aqui.


Revista Meu Pet | Ed.43

 

Comente!