Newsletter

14 05

Coceira na orelha: saiba o que isso pode significar

Publicado em 14 de May de 2012 por Rafael Trocatti Comentar

Pode ser otite, pode ser um pelo ou pode ser apenas uma falta de limpeza adequada, mas a coceira na orelha deve ser levada a sério

Texto: Revista Meu Pet / Fotos: reprodução / Adaptação: Rafael Trocatti

Coceira na orelha pode ser otite
(Foto: reprodução) 

Muita coisa pode estar por trás do coça-coça, desde o excesso de cera a um pelo chato que decidiu furar a pele até a presença de parasitas como pulgas e carrapatos. Em todo caso, segundo a veterinária Emiliana Gallo, da clínica O Bicho Comeu, de São Paulo, vale sempre investigar a possibilidade de uma otite. “Essa infecção é muito comum, especialmente em cães de orelhas longas e pesadas como o Cocker spaniel, o golden retriever, o beagle e o labrador”, explica.

Se o problema é excesso de cera, a saída é uma simples limpeza. Mas nem ouse tentar fazer isso em casa e enfiar o dedo no ouvido do cão – deixe essa tarefa para o veterinário ou você poderá agravar o problema, empurrando a sujeira ainda mais para dentro. O mesmo vale para medicamentos: não trate o pet sem antes consultar um especialista.

No caso da otite, em geral, são indicadas soluções para aplicar no ouvido e, dependendo do caso, podem ser receitados antibióticos ou anti-inflamatórios. Segundo Emiliana, 90% dos pets respondem bem ao tratamento.

Sintomas:

  • Cheiro ruim no ouvido
  • Manchas vermelhas
  • Secreção amarelada ou marrom no canal auditivo
  • Ele balança a cabeça com frequência para um dos lados ou esfrega a orelha no chão

Comente!