assine

Newsletter

14 07

Tempo seco: 10 cuidados que você deve ter com cachorros e gatos neste período

Publicado em 14 de Jul de 2016 por Luana Zanolini Comentar

O tempo seco também afeta cachorros e gatos, por isso listamos 10 cuidados para você ter com eles, além dos sintomas mais comuns causados pela baixa umidade. A inalação pode ajudar! Confira!

Texto Luana Zanolini | Foto Reprodução/Instagram @blazinbulldogs

Tempo seco: 10 cuidados que você deve ter com cachorros e gatos neste período

O tempo seco não afeta somente a saúde dos humanos, mas também de nossos cachorros e gatos. A falta de chuva deixa o ar com baixa umidade, ocasionando problemas respiratórios e maior incidência de doenças virais e oculares, principalmente nos bichinhos de focinho curto ou achatados (braquicefálicos).

Os sintomas mais comuns nessas épocas do ano são: coceiras nos olhos, boca seca, cansaço, dificuldade para respirar e desidratação.

Para ajudar nesses períodos, a médica veterinária Mariana Paraventi, da Petz, listou 10 cuidados que você deve ter com os peludos. Confira:

- A inalação pode e deve ser feita somente com soro fisiológico. Ela ajuda no tempo seco, pois umidifica as vias aéreas e facilita a respiração dos bichinhos.

- Evite caminhadas longas e brincadeiras muito ativas nesses dias. Diminua a quantidade de exercícios físicos.

- Umidificadores de ar também são recomendados.

- Mantenha a vacinação em dia, principalmente a contra a gripe.

- Deixe toalhas molhadas ou bacias com água próximas aos locais de descanso do pet, para auxiliar na umidificação do ar.

- Bichinhos que já sofrem de alguma doença respiratória devem ser levados para o veterinário durante o tempo seco.

- Leve sempre recipientes de água para os passeios.

- Troque a água várias vezes ao dia.

- Faça a hidratação adequada com produtos específicos para pets.

- Fique atento a qualquer sinal de tosse, secreção nasal e ocular e dificuldades respiratórias graves.

 

Comente!